Bastidores

João Henrique; mais um rosto conhecido na lista da covid

12 de janeiro de 2021 às 16h35

Houve um tempo – em passado recente – em que o novo coronavírus matou muitos brasileiros. Mesmo assim, a sensação de morte ainda era distante para muita gente.

A lista dos óbitos era de anônimos.

Depois, os nomes começaram a se aproximar do convívio. Conhecidos passaram a integrar a lista.

Gradativamente, os rostos ficaram próximos e identidades conhecidas tombaram.

O que antes era estatística virou manchetes com nomes e sobrenomes.

Como o do deputado estadual João Henrique (PSDB-PB), décimo quinto político paraibano a morrer de complicações de covid-19.

No quarto mandato, Henrique tinha 77 anos e acumulava algumas comorbidades, entre elas, problemas cardíacos.

João teve forte presença na campanha de sua filha, Micheilla Henrique (PSDB), em Monteiro, seu último grande combate político.

Cindo depois do pleito, do qual o seu grupo saiu sem vitória, ele foi internado em João Pessoa e em 7 dezembro transferido a São Paulo para tratamento da covid-19.

Pouco mais de um mês de internação, não resistiu às complicações geradas depois de passar pela doença. A morte do paraibano aumentou o contingente de 203 mil mortos do coronavírus no Brasil.

Definitivamente, a covid-19 não escolhe classe social. Homem de muitas posses, João estava em um dos melhores hospitais do Brasil. O que não foi suficiente para poupar sua vida.

A covid é assim. Para uns, passa despercebida sem sintomas. Para outros, é uma sentença de morte. Ou ela própria. Ou suas consequências.

Comentários

error: Conteúdo Protegido !!