Romero 'cozinha o galo' da aliança – Heron Cid
Bastidores

Romero ‘cozinha o galo’ da aliança

30 de outubro de 2021 às 19h24
No centro do campo, Romero Rodrigues administra o tempo e o jogo da aliança em curso com o governador

Quem é do ramo sabe. Galo é bicho difícil de cozinhar. Que o diga dona Branca, que serve um dos melhores preparados do gênero em Lagoa Seca e arredores de Campina Grande.

Uma aliança com um grande adversário é um “galo” do tamanho do mundo. Não é fácil cozer.

Com histórico ligado à oposição e ao grupo Cunha Lima, que resiste ao tema, e cheio de amigos na torcida pela composição, Romero está cozinhando a aliança com o governador João Azevêdo (Cidadania).

A panela está no fogo. No fogão, Rodrigues vai administrando a pressão e altura das chamas.

Ora aumenta, ora baixa o volume, ora mexe a panela, ora deixar o preparado descansar. Observa as reações do caldo a cada novo ingrediente.

Principalmente, o que a plateia acha do tempero.

Ações típicas de quem não quer comer cru. E de quem, também, não quer passar do ponto.

Mas, já decidiu o que colocará à mesa.

Comentários