Brasas

Malu Gaspar: o que vale é o garantismo em causa própria

14 de outubro de 2021 às 12h05

Malu Gaspar, em O Globo: “Em Brasília, alguns termos adquirem significado ímpar. Um deles é urgência. O outro é garantismo. O dicionário diz que uma coisa é urgente quando não pode ser retardada, é imprescindível, indispensável. (…) Os abusos do Estado contra os cidadãos comuns, nesse caso, vão passando incólumes. Pelo jeito, no manual dos políticos, o garantismo que vale mesmo é aquele que funciona em causa própria”.

Comentários