Bastidores

Múcio, o tertius? (por Magno Martins)

9 de junho de 2021 às 12h01
José Múcio, ministro do TCU (Foto: Sérgio Lima/PODER 360)

Na inviabilidade da ainda considerada candidatura natural de Geraldo Júlio ao Governo de Pernambuco, o ex-ministro José Múcio Monteiro, do Tribunal de Contas da União, poderia despontar como opção de tertius. Pelo menos é o que vem sendo especulado em Brasília nos últimos dias, na medida em que as notícias sobre as consequências das operações da Polícia Federal envolvendo investigação de recursos da pandemia comprometem Geraldo e assessores mais próximos.

Múcio goza de prestígio e amizade com o ex-presidente Lula, de quem receberia a indicação para a cúpula do PSB estadual. Foi ministro da Articulação Política do Governo Lula e por ele indicado ao Tribunal de Contas. Sua missão naquela corte já foi encerrada com muito sucesso, tendo se aposentado logo após cumprir dois anos como presidente. Com trânsito fácil em Brasília, Múcio continuou a morar na cidade, mas voltou a ter ligações diretas com Pernambuco.

Um deputado da bancada federal lembra que o Estado está carente de lideranças de envergadura, o que tem de sobra em José Múcio. Fala-se até que, no caso dele vir a ser escolhido como candidato alternativo, seu ingresso partidário seria via o PSB. Com assento no poder há 15 anos, o partido não quer perder o direito da indicação da cabeça de chapa para o Governo do Estado numa eventual aliança com o PT.

Por muito tempo, José Múcio militou no PTB, mas teve que se desligar tão logo assumiu a vaga de ministro do TCU. Com trânsito fácil em todos os partidos que integram a aliança governista em Pernambuco, não teria nenhuma dificuldade em ser acolhido no PSB. Em entrevista ontem ao Frente a Frente, ele negou que tenha feito qualquer articulação para buscar filiação partidária com vistas ao processo eleitoral de 22 em Pernambuco.

“Nunca tratei de qualquer assunto de 22 com Lula, com quem, aliás, tem tempo que não me encontro”, afirmou. Múcio pode estar escondendo o jogo. Ele pode até não querer entrar no jogo sucessório de Paulo Câmara, mas tem muita gente torcendo por isso. Outro deputado chegou a lembrar até o nome do secretário da Casa Civil, José Neto, como o melhor candidato a vice numa chapa encabeçada por José Múcio.

Blog do Magno Martins

Comentários

error: Conteúdo Protegido !!