Bastidores

Patos vive situação dramática

8 de junho de 2021 às 20h35

Treze mortos em oito dias, dificuldade de abastecimento de oxigênio e do tratamento de doentes. Esse é o quadro nu e cru de Patos, no Sertão paraibano, pintado pelo próprio prefeito do município, Nabor Wanderley (Republicanos).

Patos vive toque de recolher noturno e proibição de venda de bebidas alcoolicas. As medidas são uma tentativa desesperada de conter a contaminação e as mortes por Covid.

Semana passada, um óbito emblemático: o secretário de Saúde, Segundo Brito, que estava na linha de frente de enfrentamento à pandemia.

Nabor tenta convencer gestores da região que Patos atende a tomar medidas mais duras.

A fala do prefeito ao programa Hora H, da Rede Mais Rádio, não é só uma entrevista. É um apelo. Ouça:

Comentários

error: Conteúdo Protegido !!