Opinião

As crises no Brasil (por Francisco Evangelista)

1 de maio de 2021 às 11h13 Por Heron Cid

Fiz um sucinto estudo juntamente com o jornalista Kubitscheck Pinheiro sobre alguns momentos de grande repercussão no país. Não tivemos outra intenção senão mostrar a verdade e gerar algumas opiniões, pois sempre a história é alterada e revisada.

Do livro que publicamos nos referimos sobre a Revolução de 30 que marcou o final da velha república. Registramos os grandes efeitos da Segunda Guerra Mundial, o maior conflito universal.

Citamos também a Revolução de 1964-1985 que gerou muitas transformações no país. Concluído esse movimento foram ampliadas as eleições diretas para todos os cargos, inclusive para governadores e presidentes da república. Assim surgiu um sopro de liberdade, esperança e mais desenvolvimento para o país. Lêdo engano.

Com a eleição e morte de Tancredo Neves assumiu a presidência Sarney e o país entrou em crise com inflação elevada e sucessivos planos econômicos. A política se entranhou no sistema e este passou a esquecer os deveres e obrigações para com o povo brasileiro. Crise e mais crises se sucederam.

Em 2003 surgiu o PT que trouxe uma esperança ao povo brasileiro, surfando no êxito do plano real e prometendo acabar com a fome e o desemprego. Muitos foram iludidos logo de início, pois obras faraônicas foram anunciadas e infelizmente muitas delas foram superfaturadas.

Vamos citar algumas obras: A Refinaria Abreu e Lima, iniciada em 2005 com orçamento de US$ 2,3 bilhões de dólares e em 9 anos chegou a US$ 18 bilhões de dólares e ainda não foi concluída, tendo sido o maior alvo da Lava Jato. A compra da Refinaria Pasadena, comprada no Texas, superfaturada e vendida com grande prejuízo. A Transnordestina ligando o Porto de Suape-PE a Pecém-CE, está sendo concluída pelo atual governo. A Valec- ferrovia leste/oeste houve muitos desvios e prisões, hoje ainda inacabada. Enfim quase todas as grandes obras foram alvos da maior operação de investigação de corrupção na história do país, a Lava Jato, que foi desmantelada ilegalmente pelo STF.

O nosso país que precisa muito de saneamento básico, ferrovias, rodovias, hidrelétricas, metrôs, portos, hospitais e muitas outras obras o PT preferiu construi-las na América do Sul e na África, financiadas pelo nosso dinheiro. Vejamos os países: Argentina, Angola, Bolívia, Colômbia, Cuba, Equador, Gana, Guiné Equatorial, Luanda, Moçambique, Nicarágua, Panamá, Peru, Venezuela e Uruguai. Desses países alguns receberam até 3 grandes obras. Nós os brasileiros honestos acreditamos que este gigantesco país bem administrado, com o solo e subsolo riquíssimos poderíamos ser um gigante mundial, competindo com as grandes nações do primeiro mundo.

O governo central do Brasil quem tem como símbolo combater o furto e a politicagem e enfrentando a oposição mais desleal de muitos radicais e de alguns órgãos oficiais, ainda tem bilhões que remeteu para governadores e prefeitos no combate a pandemia. Outros bilhões foram remetidos com auxílio emergencial para os necessitados e ainda outros bilhões foram remetidos para as micros, pequenas e médias empresas, pra evitar demissões e fechamento, e ainda está realizando grandes obras. Finalmente, com honestidade teremos dinheiro para resolver todos os problemas do Brasil. Esta é a nossa opinião séria e honesta.

MaisPB

Comentários

error: Conteúdo Protegido !!