Bastidores

Entrevista: resgate do protagonismo do MDB, o desafio para Veneziano

9 de março de 2021 às 19h37
Veneziano Vital, presidente em exercício do Senado

O MDB já foi a maior força política da Paraíba. Em alguns momentos, hegemônico. Com as derrotas, perdeu fôlego e tamanho. Hoje, só tem dez prefeitos. Pouco, para quem comandou por décadas número significativo de prefeituras.

Pela força da circunstância da morte do senador José Maranhão, que dirigiu o partido no auge e também na fase de fragilidade, a sigla vive novo comando.

Para o senador Veneziano Vital, que assume oficialmente o destino da legenda em abril, a partir de acordo consensual com diretorianos e lideranças, um desafio grande.

Reestruturar o partido, preservar as tradições, mas oxigenar seu organismo sintonizando com o momento contemporâneo e atraindo novas lideranças.

Fundamentalmente, resgatar o protagonismo partidário e a influência na formação das chapas majoritárias de 2022.

Não por acaso, “protagonizar” foi a palavra emblemática de Veneziano em entrevista ao autor do Blog, no Programa Hora H, sobre a missão que está prestes a assumir.

E, no palco político, o êxito dos protagonistas depende de um grande elenco. Sozinho, ninguém estrela.

Ouça a entrevista abaixo:

Comentários