Brasas

TSE decide: Ricardo está inelegível

10 de novembro de 2020 às 21h04
Prédio do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em Brasília (Foto: Lalo de Almeida/Folhapress)

Desde às 20h55 da noite desta terça-feira, Ricardo Coutinho (PSB) está inelegível. A decisão é do Tribunal Superior Eleitoral, que condenou o ex-governador por abuso de poder político e econômico na eleições de 2014.

A corte acatou as denúncias de contratação ilegal de codificados,  benefícios previdenciários em pleno período de campanha, uso indevido do Empreender-Paraíba, entre outros crimes eleitorais.

A sentença – decidiram os ministros do TSE – tem efeito imediato. Pelo teor da decisão, a inelegibilidade é de oito anos, a contar de 2014.

Apesar de agora integrar o time dos chamados “fichas sujas”, o registro da candidatura não será afetado para as urnas de domingo.

Por ora, e pela proximidade do pleito, ele continua candidato. Em hipótese de vitória, seria o caso de enfrentar um novo calvário jurídico para diplomação.

Comentários

Em respeito a Legislação Eleitoral, os comentários estão temporariamente suspensos.

error: Conteúdo Protegido !!