Opinião

Na terra da ‘carne de sol’, a pesquisa Opinião e o sabor de reeleição

3 de novembro de 2020 às 20h23

Picuí, cidade do Curimataú paraibano, é terra de eleições rivalizadas. A briga neste 2020 é entre o atual prefeito e candidato à reeleição, Olivânio Remígio (PT), e a ex-deputada Gilma Germano (PSB), mulher do deputado estadual e ex-prefeito Buba Germano (PSB).

Olivânio arrebatou o poder do grupo liderado por Buba, em 2016, e interrompeu uma sequência de vitórias que vem desde 2004.

Único prefeito do PT na Paraíba, Olivânio consolidou sua liderança política no mandato. Os dados divulgados na noite desta terça-feira pelo Programa Hora H, na Rede Mais Rádio, e no Portal MaisPB, atestam essa condição.

Os 62,8% de aprovação na gestão municipal refletem nas intenções de voto. O prefeito é o preferido de 53,4% dos eleitores entrevistados na pesquisa estimulada do Instituto Opinião contra 38,3% de Gilma, a segunda colocada.

Uma margem de diferença de 15,1 pontos percentuais.

Para uma disputa tradicionalmente acirrada, uma considerável vantagem difícil de ser revertida nos 12 dias que separam o eleitor do 15 de novembro, apesar de Buba ser um cabo eleitoral talhado e bom de briga.

Se ganhou fora do poder, agora no exercício da Prefeitura a campanha de Olivânio dá sinais de que converte em favor do petista a vantagem de pilotar a gestão.

Esse é o quadro constatado pelo Instituto Opinião na terra da carne de sol. Bem mais palatável para o atual prefeito.

Comentários

error: Conteúdo Protegido !!