TRE bota moral e acaba zorra de candidatos em plena pandemia – Heron Cid
Bastidores

TRE bota moral e acaba zorra de candidatos em plena pandemia

5 de outubro de 2020 às 17h50
José Ricardo Porto, o voto de desempate pelo bom senso e coerência contra atentados de rua na eleição (Foto: Nalva Figueiredo/Correio da Paraíba)

A decisão foi apertada. Quatro votos contra três. Coube até Voto de Minerva do presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba, José Ricardo Porto, que sabiamente, ao lado de outros três magistrados, seguiu o bom senso e as normas sanitárias. Em tempo, a corte eleitoral proibiu a realização de comícios, carreatas e passeatas de candidatos nas eleições deste ano.

O encaminhamento é uma óbvia medida para conter os riscos de aglomerações e possíveis contaminações pelo novo coronavírus em eventos eleitorais de rua.

Na Paraíba, micaretas estavam sendo realizadas, em plena pandemia, sem o menor constrangimento por candidatos que pouco se importam com um decreto estadual e com os próprios decretos municipais.

Gente que, pelo voto e pelo poder, faz tudo. Até passar por cima de cadáveres, se preciso.

O TRE botou moral na zorra.

Comentários