Cássio no tornozelo; Zé Aldemir na veia – Heron Cid
Bastidores

Cássio no tornozelo; Zé Aldemir na veia

3 de junho de 2020 às 15h23

Ex-deputado e atual prefeito de Cajazeiras, Zé Aldemir (PP) confessadamente diz não manipular bem as as novas tecnologias de comunicação. Mas, do seu jeito peculiar, não resistiu ao ler postagem ontem deste Blog que ganhou corpo em acessos e circulou feito pandemia em grupos de zap.

Foi a que trouxe um bastidor da live em que o ex-senador Cássio Cunha Lima disse “dormir com a consciência tranquila e sem incômodo no tornozelo”. 

Quando terminou de ler, Aldemir mandou imediata mensagem ao autor deste espaço. O comentário oscilou entre a nostalgia e a contemporaneidade política paraibana.

Que ele mesmo fale:

“Ao ler e reler esta matéria em seu Blog, relembro com saudosismo a figura do homem popular, poeta e político Ronaldo Cunha Lima, ocupante de todos os assentos políticos necessários a sua grandeza e sua dignidade, enquanto pensante.

Prefeito, Deputado, Governador, Senador, ocupou com maestria um lugar de nobreza, dentre os homens de sensatez e humanidade, deixando um legado político, seguido bem de perto pelo filho Cássio Rodrigues Cunha Lima, que em frase bastante oportuna e consequente destaca “dormir com consciência tranquila e sem incômodo no tornozelo”, certamente, para lembrar ao povo paraibano sua bela trajetória como político e humanista.

Bem diferente de outro ex-governador, famoso por fatos distintos, dentre eles pelos desvios que lhe são atribuídos mais de R$ 134.000.000,00 (Cento e trinta e quatro milhões de reais), retirados dos cofres públicos da Paraíba, lesando a SAÚDE de nosso Estado, fazendo-a padecer na UTI, sem falar noutro montante também substancial da Educação, citando só esses dois pra ser pontual.

Meu registro é no sentido de, ao tempo que enalteço a memória do poeta Ronaldo, inclusive desrespeitada de forma açodada, de má fé e irresponsável pelo Ministro relator de uma Aije Fiscal, me solidarizo com seu filho Cássio, por toda contribuição já apresentada ao povo paraibano”.

Zé Aldemir é angiologista, profissão cujo especialista conhece, como ninguém, a anatomia das veias. E sabe acertá-las, com perícia milimétrica.

Comentários