Bastidores

Ronaldo Guerra condiciona ‘condicionante’ de Adriano

1 de fevereiro de 2020 às 14h06

O presidente estadual do Cidadania, Ronaldo Guerra, disse ao Blog que o presidente da Assembleia, Adriano Galdino, é bem vindo ao novo partido do governador João Azevedo, mas lembrou que seu atual mandato na presidência da legenda vai até março de 2021 e que, inclusive, tem direito à reeleição.

O comentário refere-se à condicionante estipulada por Galdino para se filiar à sigla. Ao programa Hora H, da Rede Mais, e ao Portal MaisPB, Adriano elogiou a decisão João, porém deixou claro: só se filia também ao Cidadania se for para presidir.

“Galdino é um bom nome, mas eu sou presidente até 2021, e ainda tenho direito de pleitear uma reeleição, se necessário”, disse Ronaldo. 

Detalhe: uma das exigências de João para se filiar foi exatamente a garantia de permanência de Ronaldo na presidência.

Ronaldo quer paz com eventuais novos filiados, mas, se preciso, faz guerra para preservar seu espaço.

Comentários