Conde: vice abre ‘vaga’ e buraco no discurso de Márcia – Heron Cid
Bastidores

Conde: vice abre ‘vaga’ e buraco no discurso de Márcia

23 de setembro de 2019 às 19h46

Vice-prefeito do Conde, Temístocles Filho (foto), não aguentou a pressão e renunciou. Rompido com a prefeita Márcia Lucena (PSB), ele deixou o espaço e saiu fazendo avarias na imagem da companheira de gestão, a quem acusou de ter prometido uma coisa na campanha e, depois de ter sentado no cargo de prefeita, implantou um “projeto de poder”. O agora ex-vice disse que passou a ser alvo do arsenal de Lucena tão logo rompeu em discordância das práticas políticas. Foi, inclusive, demitido do cargo de médico do Hospital de Trauma de João Pessoa e passou a ser alvo de difamações em redes sociais. “Pensei que essa forma retrógrada, atrasada e barata, havia tido um fim”, desabafou. Ele anunciou que não tem pretensão de disputar novo cargo.“Quero apenas assistir ao fim da gestão mais perseguidora e mentirosa da história da nossa cidade”. Temístocles capitulou no embate com Márcia, mas caiu atirando e acertou no discurso da ex-companheira: “São lobos em pele de cordeiro. É um coronelismo moderno”. Temístocles fala até em “costumes estranhos” trazidos por Márcia à cidade, como adorações esquisitas, um clima tenebroso onde o vento faz até ferros negros se contorcerem contra a cidade”. Para ler a carta na íntegra clique aqui. Se benza, antes!

Atualização às 20h38: A Prefeitura de Conde lançou nota à imprensa refutando as acusações do ex-vice-prefeito. Em síntese, o comunicado considera as denúncias infundadas e considera “fantasiosas” as alegações, bem como conteúdo de sua carta. Leia: NOTA OFICIAL – RENÚNCIA DO VICE-PREFEITO.

Comentários