Déjà vu – Heron Cid
Candinha

Déjà vu

24 de março de 2019 às 07h30

Na hora que soube da prisão de Temer, Dona Candinha lembrou logo de uma frase profética de Dilma:

"Eu quero saudar a mandioca!"